A única constante no universo é a mudança.

Sans-serif

Aa

Serif

Aa

Font size

+ -

Line height

+ -
Light
Dark
Sepia

Escolhas I Agosto

 

1- Cheesecake Frappuccino Starbucks

É a novidade de Verão, a bebida com que a Starbucks nos delicia nos dias quentes. Nas versões Mocca Cheesecake ou Caramel Cheesecake, podemos optar por leite de vaca ou por bebidas vegetais de soja, amêndoa e aveia. Mas apressa-te a prová-las, porque estes dois sabores do Frappuccino são uma edição limitada disponível até dia 5 de Setembro.

 

2 – Fragrâncias H&M

Os roll-on The Essences são perfeitos para trazer connosco os aromas de que mais gostamos. Estes óleos perfumados são feitos com ingredientes seleccionados provenientes de vários pontos do globo e graças ao tamanho 10ml podemos ter vários e usá-los de acordo com o humor e a estação.

 

3- Strandmon

Peça icónica da década de 1950, este repousa-pés em veludo turquesa da colecção GRATULERA, uma edição limitada do IKEA, traz aquele toque vintage e irreverente de que a nossa sala ou quarto precisam para ganhar personalidade.

 

4 – Birkenstock Madrid EVA Scuba

As Birkenstock Madrid EVA Scuba estão disponíveis numa gama de cores deliciosas e são super leves, confortáveis e versáteis, ou seja, são as companheiras perfeitas para prolongar ao máximo este Verão que chegou tarde. A missão pezinho ao léu até Novembro começa agora!

 

5 –  Insuflável XL Unicórnio, Capitão Lisboa 

Estamos todos fartos de imagens de insufláveis gigantes no Instagram, mas por aqui não resistimos a um bom animal mitológico e vamos contribuir conscientemente para essa praga que assola o verão das redes sociais. Nunca se esqueçam:

 

Always be yourself. Unless you can be a unicorn. Then always be a unicorn. 

 

6 – ‘António Variações – Entre Braga e Nova Iorque’, Manuela Gonzaga 

De certa forma, continuamos no reino dos unicórnios. Trinta e cinco anos depois da sua morte, António Variações continua a ser um ovni que passou por Portugal e ainda não encontrámos nada igual. Esta reedição da biografia escrita por Manuela Gonzaga não só conta a vida do artista desde a infância na aldeia de Fiscal, perto de Braga, até à sua morte prematura em 1984, como também a relaciona com o contexto social e político do país e do mundo. Sempre à frente do seu tempo, António Variações continua a ser hoje o exemplo perfeito do que é a modernidade, essa palavra tantas vezes mal interpretada.